4 motivos para você ler mais

Quando você pensa em sucesso empresarial, pode não pensar imediatamente na influência dos livros. No entanto, manter um cronograma de leitura e manter-se atualizado sobre as tendências pode ser uma grande vantagem para a sua empresa e para você.

Alguns dos líderes mais respeitados do mundo, como Bill Gates, Mark Zuckerberg e Warren Buffett, dedicam grande parte de seu tempo à leitura. Por quê?

1. Você pode encontrar respostas para problemas

Você já deve ter percebido que na ficção nenhuma história é 100% original. Nos negócios, nenhum problema ou desafio também é plenamente original. O que isso significa? Provavelmente, qualquer problema que você venha a enfrentar como empreendedor já foi contornado alguma vez por outra pessoa. A leitura, por exemplo, pode ajudar você a encontrar soluções inovadoras para esses problemas antes que eles possam prejudicar o seu percurso.

2. Ajuda a enxergar oportunidades

Quanto mais você lê, mais informações você retém para si. Quanto mais informações você conseguir captar, melhor será a sua capacidade para conectar pontos e descobrir padrões. Você pode aprender observando como outras pessoas exploraram oportunidades em outros negócios e adaptar para dentro da sua empresa.

3. Ajuda a fazer escolhas mais assertivas

Como vimos há pouco, nenhum problema ou desafio é realmente único. Enquanto você está lidando com um problema específico ou tiver dúvidas gerais sobre como gerir seus negócios, a leitura poderá ajudá-lo a tomar decisões mais eficientes.

4. Propicia a criatividade

A inovação é crucial para qualquer negócio. Se você não pode inovar, não pode crescer e, às vezes, a inovação exige alguma criatividade. A leitura pode inspirá-lo e ajudá-lo a encontrar e desenvolver a parte criativa do seu cérebro. 

E aí, qual vai ser a leitura que você vai escolher pra começar a praticar?

5 maneiras de reinventar sua estratégia de marketing digital

Existe uma vantagem em tempos de adversidade que é a oportunidade para mudar, evoluir e se adaptar.

Seja você um indivíduo, empresário ou marca, é este o momento para reavaliar, repensar e reinventar a sua abordagem. Enquanto influenciadores, bilionários e corporações estão se unindo para ajudar quem precisa, as marcas precisam sustentar as atividades de negócios e, simultaneamente, encontrar meios de estender soluções a outras pessoas.

Enumeramos cinco maneiras de como as marcas podem repensar sua estratégia online e fazer ofertas relevantes à medida que todos voltamos nosso foco para a recuperação dos negócios, economia e a vida em si.

Pense digital, seja digital.

Com as pessoas gastando muito mais tempo nas plataformas de mídia social, as marcas precisam mudar o foco para suas operações digitais e procurar maneiras eficazes de se conectar, interagir e fazer transações com seu público. 

A dica é produzir conteúdos ricos que visam o fortalecimento da sua presença digital para sustentar operações. Se é possível, aproveite as vantagens do comércio eletrônico e, também, ofereça incentivos especiais.

Não seja sentimentalista, seja empático.

Sabemos o quão delicada é a situação atual para inúmeras pessoas, sejam elas empresários, empregados, donos de comércio local ou empregadores em uma empresa de médio porte. Esse é o momento de pensar fora da caixa e encontrar soluções para ajudar o próximo.

Para as marcas, é uma oportunidade única de criar idéias inovadoras que lhes permitam avançar e fazer a diferença. Ser ganancioso ou insensível durante tempos de conflito pode ser um tiro no pé. Entretanto, mostrar um nível de compaixão e abnegação pode ajudar a construir a lealdade do cliente a longo prazo.

Reveja o que está oferecendo. É a hora!

Durante uma crise global de saúde (e econômica), é provável que haja mudanças rápidas no comportamento do consumidor e na dinâmica do mercado. É essencial monitorar a comunicação da marca o tempo todo e adaptar-se rapidamente às novas circunstâncias. 

Ser oportuno e entender a importância de como as condições do mercado e outras mudanças podem afetar a relevância do seu produto é imprescindível.

Apoie uma causa.

Embora os negócios possam estar lentos no momento, eles oferecem às marcas a oportunidade de alcançar seu público digitalmente e iniciar conversas novas e significativas. Entenda o que os clientes esperam de você como marca e como essa solução pode ser entregue.

As pessoas gostam de ser filiadas a projetos que acham que estão fazendo a diferença. O empreendedorismo social pode ser uma chave-mestra para o seu negócio, pois aumenta drasticamente a confiança do consumidor em sua marca.

Seja um solucionador de problemas.

É essencial comunicar com frequência e eficácia como sua marca está ajudando os consumidores a enfrentar desafios. 

Um exemplo na prática é a forma como restaurantes estão oferecendo aos clientes entregas sem contato. Além deles, os bancos que têm trabalhado em horários especiais para idosos, garantindo que eles possam estocar itens essenciais sem nenhum risco.

Neste momento, e em outros períodos de crise, quem encontrar maneiras para diminuir o estresse e solucionar problemas vai continuar existindo. Quando marcas e empresas param, simpatizam, agem e dedicam tempo para ajudar, naturalmente convertem esforços em lucro.

4 motivos para usar vídeos na Estratégia de Marketing

Os vídeos estão, cada vez mais, caindo nas graças das estratégias de marketing para promover produtos, serviços e marcas. Eles estão no YouTube, em landing pages, webinars gravados, redes sociais, e-mails e em muitos outros canais e formatos. Além de informar, eles são extremamente eficientes na construção de relacionamentos duradouros com a audiência.

Abaixo elencamos quatro motivos para você expandir seus negócios, aumentar suas vendas e conversões a partir do marketing de vídeo.

1. Vídeos melhoram o SEO

O conteúdo de vídeo de alta qualidade aumenta o envolvimento da audiência e pode direcionar o tráfego para seu site que, junto às taxas de cliques, são os principais fatores de classificação do Google. Sendo assim, fica claro que quanto maior o tráfego e cliques os vídeos do seu site obtiverem, melhor será sua posição dentre os resultados em mecanismos de pesquisa.

Existem muitas outras maneiras de alcançar uma boa colocação: O API Video Intelligence do Google, por exemplo, registra palavras-chave relevantes em um vídeo, o que pode proporcionar uma grande vantagem na otimização.

Além disso, os algoritmos do Google priorizam cada vez mais as páginas com conteúdo de vídeo nos resultados de pesquisa e, por isso, é imprescindível que as empresas se adequem e adotem vídeos como parte de suas estratégias de marketing digital.

2. Vídeos mantém o usuário por mais tempo em uma página

O usuário médio gasta cerca de 88% a mais de tempo em um site com vídeo do que com qualquer outro tipo de conteúdo, de acordo com dados publicados na Forbes.

Vídeos são dinâmicos e exigem menos da audiência. Portanto, criar vídeos interessantes pode aumentar as chances reais da sua empresa alcançar o público-alvo e alavancar as taxas de conversão.

3. Vídeos cativam a audiência

Como recém vimos, vídeos mantém a atenção dos espectadores — mais do que texto. Por quê? Basicamente por combinar os sentidos auditivo e visual. 

Os seres humanos são criaturas altamente visuais. Processamos recursos visuais 60 mil vezes mais rápido do que textos. Além disso, a maioria das informações provenientes do cérebro é visual, o que significa que os espectadores retém melhor uma mensagem através de vídeo. E por isso, o espectador médio lembra 95% de uma mensagem quando é assistida, em comparação com apenas 10% do conteúdo que é lido.

4. Pessoas gostam de compartilhar vídeos

O vídeo obtém cerca de 1200% mais compartilhamentos do que conteúdos de texto, de acordo com dados do Wordstream

Vídeos são divertidos e, também, agregam valor prático. Por isso são tão amados e compartilháveis.

Você provavelmente já notou que o futuro é mobile, certo? Mas talvez o que você não percebeu até aqui é que o vídeo é a grande estrela do conteúdo do futuro.

Até 2022, o vídeo no celular representará 81% do total do tráfego de dados móveis, segundo estudo da fabricante de equipamentos de rede Cisco.

E aí, foi convencido de que o vídeo é uma peça essencial para sua estratégia de marketing? Então está na hora de conhecer nosso trabalho:

Veja mais em: YouTube DG5

O poder da boa comunicação em tempos de crise

Em tempos de Covid-19, muitos negócios sentem estar batendo contra o maior iceberg do ciclo de suas vidas. A vulnerabilidade em não ter controle sobre as circunstâncias e soluções imediatas, podem levar a grandes frustrações, desemprego e falências.

Por isso, é necessário dar uma pausa e um longo respiro. É tempo de criar um planejamento estratégico que vai nortear os próximos passos da sua empresa e futuro. Encontre meios de explorar, através da comunicação, seus valores e objetivos, dando espaço para três pontos essenciais: Consistência, frequência e precisão — tanto na comunicação interna com os colaboradores, quanto na comunicação externa.

Para te ajudar nesse caminho de volta à luz, te convidamos a considerar algumas práticas que darão sustento ao seu posicionamento mesmo quando acontecimentos não esperados baterem à porta.

Comunicação em tempo real

A comunicação instantânea é fundamental pois traz e incentiva mudanças rápidas. É importante manter-se atento às notícias e estar atualizado quanto à qualquer questão que afeta diretamente sua empresa e seus consumidores. Caso surjam imprevistos que interrompam sua capacidade de conduzir os negócios, seja proativo e tenha um plano estruturado.

Tenha uma comunicação previamente preparada para implantar rapidamente. É muito mais fácil fazer algumas edições em um material do que começar do zero quando se está no modo reativo. 

As notas ajudam as empresas a esclarecer fatos e a mostrar que estão cientes da situação. Permitem ainda que você enumere as ações que a marca está fazendo para contornar o problema e evitar demais transtornos para o consumidor.

Gestão de conteúdo

Uma boa estratégia aliada a um plano de comunicação bem alinhado com os diversos departamentos da empresa auxiliam na diversificação e qualidade dos materiais desenvolvidos.

Por isso, antes de cortar a verba da comunicação para se adequar ao orçamento que foi reduzido, é importante avaliar qual será o impacto desta ação para a imagem, engajamento e relacionamento da companhia. Muitas vezes, a comunicação que é subestimada, pode ser a diretriz que salvará sua empresa, sendo ferramenta de diferenciação e credibilidade.

São as estratégias de comunicação que garantirão a visibilidade da marca e a guiarão fortalecida para o período pós-crise.

Presença ativa na mídia

A geração de mídia espontânea, por meio de ações de assessoria de imprensa, é a maneira mais barata e eficaz de manter o assessorado em evidência. Além disso, se bem elaboradas, as sugestões de pauta ganham destaque quando fogem do noticiário factual. 

Com diretrizes mais leves, mas ainda assim informativas, sua empresa pode levar conteúdo ao público gerando um buzz positivo e, consequentemente, recrutando novos consumidores que estarão ao seu lado mesmo após a crise.

Redes sociais

Tenha uma gestão eficiente de redes sociais. Estar presente, mesmo em tempos difíceis, pode resultar em um relacionamento mais humanizado e estreito com o consumidor. Assuma posições e mantenha-se claro e objetivo em sua mensagem. A boa gestão de comunicação pode anular ou amenizar uma crise e gerar relevância para sua marca.

Naming: O nome frente a marca e seu universo

Você já ouviu falar em naming? Caso a resposta seja “não”, a gente esclarece para você: O naming nada mais é que o nome da marca. O principal e mais básico elemento na identificação de uma empresa. É através dessa figura que as pessoas fazem o link entre um conjunto de significados que são estabelecidos ao longo do tempo com o nome em questão.

Vamos fazer um jogo: Qual o nome da marca que vem automaticamente à sua mente quando citamos: cor vermelha, ondas brancas, Papai Noel, urso polar e garrafa de vidro. Se você é civilizado, dificilmente não pensará instantaneamente na Coca-Cola.

O simples conjunto de letras que forma o nome dessa marca tem o poder de resgatar todo o imaginário construído em torno dela. E por essa razão, o naming é um dos elementos de expressão mais importantes para a construção de uma identidade de marca.

Como ter certeza do nome certo para o meu negócio?

O projeto de construção de nome, o naming, contribui para posicionar uma marca corretamente no mercado, além de facilitar a comunicação com o público. 

Criação estratégica

A criação do nome de uma empresa ou marca não deve ser subestimada, afinal, esse será o nome que as pessoas relacionaram ao seu negócio por todo seu ciclo de vida. Escolher uma palavra qualquer para carregar todos os significados que você irá construir pode ser um tiro no pé. O naming mal construído pode repercutir de várias maneiras, trazer percepções negativas e causar confusões. Opte por um nome fácil de lembrar. Em geral, nomes curtos com até 3 sílabas funcionam melhor.

Distinção e associação

Seja lembrado por merecer. Não corra o risco de causar confusão com marcas de terceiros. Além disso é importante que haja espaço para associações positivas que reforcem a essência do seu negócio. Nesse caso é importante analisar as percepções negativas que o nome pode ter no segmento que você atua.

Pronúncia (e sonoridade)

Faça um estudo do seu público-alvo, afinal, é importante que os clientes consigam pronunciar com naturalidade ou serem facilmente ensinados a fala correta do nome. Se este for muito difícil, não vai funcionar. Quer um exemplo na prática? O chocolate Lollo sofreu um rebranding no início dos anos 1990, trocando o nome para “Milkybar”. A troca não deu muito certo e o chocolate saiu das prateleiras. Em 2015 a Nestlè relançou o produto com seu nome original, “Lollo”.

Proteção

É necessário fazer o registro da marca junto ao INPI para protegê-la integralmente. Quando registrada, a marca tem proteção legal e pode ser usada única e exclusivamente por seu proprietário. Isso evita que qualquer concorrente utilize sua marca indevidamente ou crie cópias semelhantes. Para o registro, evite nomes descritivos, que sugerem o tipo de produto ou categoria pois são mais difíceis de registrar no Instituto Nacional da Propriedade Industrial.

Na prática, temos alguns bons exemplos que foram criados aqui na DG5. Entre eles o Pulse Coworking e a Clínica Hamâni.

O conceito desenvolvido para o Pulse Coworking foi tão certeiro que inspirou toda a identidade do espaço da empresa. O nome marca e é fácil de lembrar – pulsa e inspira a todos envolvidos.

Já Hamâni tem sua origem na cultura africana e significa harmonia, vindo ao encontro do espaço multidisciplinar oferecido.

———-

Ainda está com dúvida ou não sabe por onde começar? Nos mande um direct que vamos te ajudar!

Lições de Branding com a Starbucks

A rede Starbucks não inventou o café, mas fez com ele algo que ninguém jamais imaginou possível: tornou um produto que custava 25 cents em quiosques e balcões de lanchonetes em um artigo de luxo, vendido a preços absolutamente inflacionados.

Não é por menos que a marca ocupa o 43º lugar no ranking Best Global Brands 2019, da Interbrand.

O grande nome por traz da companhia foi Howard Schultz. Ao beber, pela primeira vez o café em uma lojinha da Starbucks em Seattle, descreveu a sensação da seguinte forma:

”A nuvem de vapor e aroma pareceu envolver o meu rosto por completo. Eu tomei um gole pequeno, hesitante. Uau! Minha cabeça deu um tranco para trás, e os olhos se arregalaram. Mesmo depois de um único gole eu tinha certeza de que aquilo era mais forte que qualquer outro café que já provara na vida. Ao ver minha reação, o pessoal da loja caiu na risada. “Forte demais pra você?” Eu forcei um sorriso e sacudi a cabeça. E em seguida dei mais um gole. Dessa vez pude distinguir melhor as nuanças do sabor encorpado. No terceiro gole, fui conquistado. A sensação era de ter descoberto um mundo inteiramente novo”.

Claramente Schutz era um grande apreciador de café e fez da paixão uma grande oportunidade para surpreender e vender. Em meados de 1982, Schultz integrou ao time Starbucks e trouxe uma nova visão de negócios para ser pauta de reunião na empresa. Não muito tempo depois, ele comandava todos os processos da cadeira da presidência.

Mas afinal, que lições podemos aprender sobre Branding a partir da marca? Separamos algumas aqui e você pode conferir:

1. Uma marca pode ser mais que apenas uma marca

Marcas queridas e amadas narram e exalam mistério, sensualidade e intimidade e são reconhecidas imediatamente como sendo lovemarks. Para ser uma, é necessário focar no que você faz de melhor e encontrar meios de expandir a experiência ao consumidor e à todos que fazem parte da cadeia de produção.

2. Crie seu próprio mood

O lema da Starbucks é dar uma pausa na rotina para ler um livro, escutar uma música, bater um papo com os amigos ou abrir o notebook e conectar o wireless para trabalhar – e dar uma chance para um dos tantos produtos a base de café que a marca comercializa – em um ambiente acolhedor e moderno. O posicionamento da marca através da comunicação visual e verbal torna suas lojas únicas e proporciona aos consumidores uma experiência inigualável. Aposte suas fichas em uma identidade e siga ela em todas as vertentes da comunicação empresarial.

Foto: Créditos

3. Seja autoridade no seu segmento

Tornar um produto comum em artigo de luxo e vender como água é um grande feito e merece olhos atentos. A Experiência Starbucks é completa porque acolhe o consumidor em seu mundo autêntico e se conecta a ele de forma simples e pura, como nenhuma outra cafeteria no mundo conseguiu fazer.

4. Um bom discurso é guiado por ações

A Starbucks tem um envolvimento bem presente com a comunidade e com questões de responsabilidade social e ambiental. Mostrar interesse e praticar ações em pró desses assuntos geram confiança e credibilidade com o consumidor contemporâneo que está atento a estas questões.

Foto: Créditos

4. Surpreenda!

Além das lojas conceituais em design, a Starbucks, vez ou outra, implanta uma nova loja com alguma atração inusitada. Um exemplo disso foi a primeira loja implantada dentro de um trem, na Suíça, em meados de 2013.

Foto: Créditos
Foto: Créditos

5. Tenha um (dois, três) diferencial

Já disse o próprio Howard Schutz: “Não estamos no ramo de café para servir pessoas, mas no ramo de pessoas para servir café”. No caso da Starbucks, o ambiente tornou-se tão importante quanto o próprio café. E aí, qual é o seu diferencial?

_________

Invista em conteúdo e identidade de marca. Mais do que nunca, estes são pontos essenciais para criar uma experiência única e relevante na rotina do consumidor e se tornar uma Top of Mind.

Não sabe por onde começar? A gente pode te ajudar!

Qual história a sua marca conta?

Você sabia que é preciso estar firme e constantemente presente aos olhos e na vida dos seus clientes? 

Para ser lembrado é necessário ser visto. E para ser visto, para aproximar-se, para fazer parte da vida dos seus consumidores e público-alvo, são necessárias estratégias de marketing específicas, detalhadas e consistentes. É necessário contar uma história.

Storytelling é uma ferramenta de comunicação e marketing que traz a arte de contar e encantar através de um vídeo institucional, de uma identidade visual definida, de chegar mais perto com publicidade e propaganda.

Criar emoções é humanizar, e quando a ação é realizada de forma eficiente, as emoções podem ser convertidas em números, em compras e mais: algo que vai além. Transforma-se na fidelização. Tudo isso é possível, basta um bom planejamento, uma boa agência de marketing e um trabalho multidisciplinar. 

Alguns dos outros benefícios Storytelling, a arte de contar, são:

  • Engajar o público;
  • Gerar identificação;
  • Despertar emoções;
  • Seduz o público, induzindo a efetivação de uma transação. 

Você já sabe qual história quer contar? A DG5 te ajuda. Somos uma Agência de Propaganda em Santa Maria focada em fazer acontecer. Vamos conversar?

? Rua Olavo Bilac, 379 – Santa Maria.
☎ (55) 3222.6217 ou mande um Whats: bit.ly/contatoDG5

Vídeo como estratégia de Marketing de Conteúdo

Conta pra gente…como você tem divulgado a sua marca? Tem investido nas mídias online, em Marketing de Conteúdo? São muitas perguntas, né? Vamos com calma. Hoje, é imprescindível estar presente em Instagram, Facebook e Linkedin (como assim você não está em todas estas plataformas?), criando conteúdo real e relevante para o público-alvo. 

Suas páginas não servem apenas para divulgar o horário de funcionamento da empresa e coisas do tipo. Sua página tem o potencial de ser uma grande referência em comunicação e marketing, tornando o seu conteúdo autoridade no mercado em que atua. 

Tá, mas… e “comofas”? Tudo começa pelo briefing junto a uma Agência de Marketing. Um briefing bem desenhado é capaz de transformar as suas “dores” e anseios em estratégias de marketing e em um branding bem construído e alinhado ao posicionamento da empresa.

Mas hoje o negócio vai muito além de postagens na timeline. Estamos na era dos vídeos por trazer mensagem de fácil assimilação através de conteúdo interativo. Muitas pessoas se sentem mais atraídas por vídeos, traz mais engajamento e claro, sai na frente da concorrência. 

Sejam vídeos institucionais, promocionais ou de conteúdo, o importante é trazer um material rico, dinâmico e bem produzido. Seja para informar, contar uma história, motivar ou apresentar algum produto ou serviço. 

Seja relevante, faça Publicidade e Propaganda de verdade, não seja apenas mais um no mercado e conte com a DG5 para isso. 

Venha tomar um café com a gente e conversar! ?

? Rua Olavo Bilac, 379 – Santa Maria.
☎ (55) 3222.6217 ou mande um Whats: bit.ly/contatoDG5

O que sua marca precisa?

Nem sempre o que uma empresa precisa é o mesmo que outra carece.

Nem sempre o que uma empresa precisa é o mesmo que outra carece. Assim como as pessoas, toda marca tem seus pontos fortes e suas dores. É preciso entender que não existem fórmulas secretas, mas soluções personalizadas que visam contribuir com a entrega de uma comunicação clara e condizente ao público.

É a partir dessa mensagem que uma empresa cria autoridade em seu segmento, fortalece os laços com a audiência, entrega valor aos que a seguem e, consequentemente, recebe este valor de volta, seja em visibilidade, vendas ou reconhecimento.

Criação de marca

A criação de uma marca pede muita atenção, ao contrário do que muitas pessoas pensam. 

Será a marca que conduzirá uma empresa aos próximos níveis de comunicação e envolvimento com o público-alvo.

Imagine que o seu ramo de negócio seja sério, com um certo ar conservador e anos de história. O menor deslize ao criar uma marca com muitas cores e linhas modernas pode entregar uma imagem completamente errônea ao público. 

Conheça o nosso trabalho.

Identidade Visual

Apesar da criação da marca ter um peso grande para o futuro do seu negócio, a jornada da marca vai muito além.

É dentro desse processo que são determinadas as variações e aplicações da marca e suas especificações técnicas, que servirão como guia para impressão e demais utilizações da marca, seja em materiais impressos ou digitais.

A identidade visual de uma marca é formada por um time de peças e elementos gráficos que continuarão a repassar a mensagem visual do seu negócio adiante e será, ainda que inconscientemente, um prospector de clientes e reforçará a imagem da sua empresa a todo o momento.

Planejamento Estratégico

Tão importante quanto abrir uma empresa, é saber gerenciá-la.

O planejamento estratégico é uma ferramenta indispensável para auxiliar no processo gerencial de uma empresa, alinhar e definir quais são as ações e pautas essenciais a abordar, prever os desafios e ameaças que aparecem constantemente e buscar soluções, além de identificar demais oportunidades a serem trabalhadas.

Conteúdo

Se você ainda não tem conhecimento disso, é melhor parar e refletir: Tudo o que a sua empresa fala, seja nas redes sociais ou em outros canais, diz algo sobre ela.

É a criação de conteúdo que torna a maioria das empresas visíveis no mercado e que se torna um poderoso gatilho na formação de laços e familiaridade com a audiência.

É a intenção desta ferramenta garantir que a comunicação esteja atingindo o público certo, no momento ideal e da melhor forma possível. A criação de conteúdo eficaz caminha lado a lado do planejamento estratégico para abordar os tópicos necessários e entregar informações úteis ao público. Caso uma empresa não esteja entregando uma mensagem relevante, morrerá pela boca.

Ou, nesse caso, pelo conteúdo fraco.

Google Ads

Enquanto as mídias sociais e outras ações em Marketing Digital costumam ter efeito no longo prazo, o Google Adwords é uma das soluções capazes de ter resultado praticamente de forma imediata. Não por menos, a estrutura de campanhas pagas é do próprio Google que é o mecanismo de procura mais utilizado no mundo.

Você já buscou sua empresa no Google? Ficou satisfeito com a sua posição em meio a tantas outras informações? Estar entre um dos primeiros resultados no ranking de pesquisa é conseguir se destacar e, consequentemente, receber o maior número de cliques — conquistando novos visitantes para sua página.

Produção Audiovisual

Seja para registrar a cobertura de um evento, produzir um vídeo institucional ou divulgar um novo produto ou serviço — a produção audiovisual pode ir muito além do básico, ao imprimir a essência do negócio e criar uma conexão com o cliente.

Existem várias maneiras de se contar uma história. A nossa gera resultado e valor de marca.

Mas afinal, o que a sua empresa precisa?

Venha tomar um café com a gente e conversar sobre a sua marca. A solução existe!

Instagram: O que priorizar no feed e nos stories.

Uma das maiores dificuldades que as empresas encontram ao criar um perfil no Instagram é manter um relacionamento efetivo com o público. Consequentemente, perdem em engajamento e visibilidade para a marca.

O erro mais comum é tornar a plataforma uma vitrine de produtos com gatilhos para vendas. O equilíbrio está em moderar esse tom e estreitar a relação com o cliente em potencial através de conteúdos relevantes.

A confiança é um resultado do relacionamento e não o contrário.

O Instagram é uma experiência altamente visual. Portanto, para sobreviver e alcançar autoridade é necessário adaptar-se ao formato.

Segundo dados compartilhados pela própria rede:

  • 60% das pessoas dizem que descobrem novos produtos no Instagram.
  • Entre 2016 e 2017 houve um aumento de 80% no tempo gasto em vídeos no Instagram.
  • 1/3 das histórias mais visualizadas são de empresas.

Confira algumas dicas do que priorizar usando as ferramentas da mídia:

Feed

  • Conteúdo de alto valor: Temas de interesse do seu público.
  • Educar e segmentar a audiência: Ser relevante em meio a tanta informação.
  • Vitrine da marca: Produtos e serviços.

Stories

  • Conteúdo rápido e interativo: Não tenha medo de usar os formatos oferecidos.
  • Bastidores de marca: Humanize o seu diálogo com a audiência.
  • Entretenimento: Crie e compartilhe conteúdos dinâmicos.
  • Aposte nos vídeos!

O planejamento de conteúdo eficiente abrange temas que são relevantes para a audiência.

A partir daí, se torna mais natural abrir uma conversa para falar sobre o seu produto. Quando esse momento chegar, sua empresa já vai ter conquistado seguidores fiéis.

O canal disponibiliza materiais completos de assistência para as empresas a se destacarem e entenderem a melhor a mídia e sua audiência.

Quer utilizar o Instagram para estreitar a comunicação e o relacionamento com o seu cliente? Entre em contato conosco!
Ligue: 55 3222.6217 ou mande um Whats: bit.ly/contatoDG5